To comendo a mulher do amigo sobre minhas condições

Olá,meu nome é Jorge,tenho 40 anos e vou compartilhar com vcs o que acontece comigo hoje.A uns 12 anos atrás tinha um vizinho vagabundo que não fazia nada pra ninguém e passava o dia fumando maconha,um dia me mudei e perdemos contato,a uns 2 anos atrás o encontrei na rua e ele me contou que continuava na mesma,não fazendo nada e fumando maconha o dia inteiro,mais que tinha arrumado uma mulher que era apaixonada por ele e o bancava em tudo,palavras dele “Estou no paraíso”,fiquei puto com aquilo,dei uma desculpa e fui embora.A uns 4 meses atrás ele me deixou uma mensagem em uma rede social dizendo que queria falar comigo urgente,deixei meu número e ele me ligou,me contou que estava passando muito sufoco em casa pois a esposa dele tinha perdido o emprego,pensei logo “vai me pedir dinheiro”,mais não,pediu que eu fosse na casa deles pra eu ver a situação em que eles se

encontravam,relutei um pouco em passar por essa situação,mais aceitei pq o tom de voz dele era meio desesperador.No dia dia seguinte por volta das 21:00 hs fui na casa dele,chegando lá encontrei uma situação assustadora,a luz tava cortada,na geladeira só tinha água e estavam com uma ordem despejo pois o aluguel estava atrasado em 4 meses,ele e a esposa sentaram no sofá e me sentei um uma cadeira de frente pros dois e pensei “Lá vem a facada”,mais não,vcs acreditam que o vagabundo me pediu emprego pra mulher dele,pedi até pra ele repetir pq achei que eu tinha entendido errado,mais era isso mesmo,foi quando olhei a esposa dele que pela vestimenta era evengélica,prestei atenção e vi que ela tinha um pezinho lindo e um par de peito enorme,sem pensar direito a mandei levantar e ir pro quarto pois queria conversar com o vagabundo a sós,quando ela entrou no quarto dei um exculacho no vagabundo sobre aquela situação,e o vagabundo me disse que não conseguia trabalhar,eu puto com aquilo acabei

fazendo a seguinte merda,falei que religaria a luz deles e apartir daquele dia eu pagaria a luz todo mês,o mesmo com o aluguel,com a compra do mês e que a empregaria,só que apartir daquele dia a mulher dela seria minha,impus umas condições que apartir daquele dia ele não me veria mais,que de vez em quando eu apareceria pra almoçar ou jantar e que quando eu fosse não queria encontra-lo lá e que só voltasse quando eu fosse embora,quem a levaria pra sair agora seria eu….Ele assustado falou que eu estava ficando maluco,me levantei ,dei uma porrada na mesa e disse que quem foi atras de min foi ele e que minha condição era essa,sai batendo a porta e o vagabundo veio atras de min dizendo que tinha que conversar com mulher,disse pra conversar e só me ligar de novo se aceitar minhas condições,fui embora puto com o vagabundo e com a merda que tinha acabado de fazer.O Vagabundo me ligou no outro dia 7 da manhã dizendo que estava tudo certo,o respondi dizendo que passaria meio dia pra busca-la e desliguei o telefone.Meio dia tive que ir lá né,senão passaria como muleque,chegando lá veio o vagabundo na minha

direção e antes que ele falasse alguma coisa eu disse que essa seria a última vez que ele me veria e mandei a mulher entrar no carro,ela não entrou e o vagabundo a mandou entrar,ela veio e entrou no carro meio assustada,no caminho perguntei pra ela se o vagabundo tinha conversado com ela e ela disse “Sim senhor”,foi a unica palavra que ela disse aquele dia,como eu já tinha feito merda mesmo falei pra ela que apartir daquele dia ela era minha mulher e que exijo respeito e que apartir de agora ela iria me tratar como marido dela,ele só balançou a cabeça positivamente,a levei no shopping pra comprar roupa e alguns saltos pra ela usar quando eu fosse na casa e pra quando fossemos sair,pq sendo da igreja só usava aqueles vestidos longos,a levei pra almoçar e a deixei em casa novamente,mandei que ela me esperasse no outro dia as 23:30 que iriamos sair e que durante o dia ligaria dizendo a roupa que ela iria usar.Cheguei lá no outro dia achando que o vagabundo iria querer falar comigo,mais não,ela veio sozinha e arrumada do jeito que eu mandei,fomos em uma balada e ela realmente se comportou como minha esposa a noite

toda,fiquei aliviado,sai da balada umas 02 hs da manhã pq eu já tava doido pra fuder ela,entrei em um motel e fui tomar um banho,acabando mandei ela tomar um banho,assim que ela saiu do banheiro já agarrei no cabelo dela e comecei a beija-la,só que não fui correspondido com o beijo,olhei pra cara dela e a mandei me beijar como o marido dela,foi ai que ela começou a me beijar direito,tirei a toalha e fiquei doido com aquele peito,a rodela do peito enorme e preta,do jeito que eu gosto,ainda meio assustada,me chupou com receio,não falei nada pra não fazer muita pressão também,a joguei em cima da cama e empurrei minha pika dentro dela de uma vez,ela gritava e chorava desesperadamente,eu com um tesão surreal nem liguei,quanto mais ela gritava e chorava,mais eu empurrava,foi quando eu ouvi a voz dela dizendo “Ai meu deus,não to acreditando que eu vou gozar”, ai fudeu , minha pika ficou

tão dura que dava pra sentir a pressão,ouvindo aquilo,ai empurrei com mais e mais força até eu a sentir a piroca toda melada,quando saimos do motel,ela tinha gozado 6 vezes,eu nunca tinha visto uma mulher daquele jeito,a deixei em casa e fui embora,enfim,isso tem uns 4 meses,quando vou visita-la em casa,ligo avisando que tal hora estarei lá pro vagabundo meter o pé antes,nunca mais vi a cara do vagabundo,vou visita-la umas 2 vezes por mês e a gente sai umas 3 vezes por mês…Ahhh,o vagabundo continua na mesma tá,não faz nada e fuma maconha o dia inteiro,enfim,hoje minha mulher me chama de amor,me respeita,me dá satisfação do que ela faz,me trata com carinho,faz questão de fazer o que eu mando,ontem de ontem mesmo fui lá a noite,tomei um banho,jantei e depois aquela pirocada gostosa na minha mulher,e assim a gente vai seguindo !!!

1 comentário sobre “To comendo a mulher do amigo sobre minhas condições

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


contos erotico incestocontoseróticoscontos eroticos proibidosconto pornconto erotico de incestoconto erotico tiomeu marido cornocontos eróticos travestiscontos eroticos de sogracontos eróticos padrastocontos eroticos namoradosviuva gostosacontos.erocontos eroticos proibidoscasados contoscontos eróticos lesbicoshistorias de incestocontos eroticos em onibuscontos de travestiscontos eroticos de travestiscontos eroticos academiaconto erotico travesticonto erotico crentecontos travestisconto erotico gostosocontos eróticos cornocontos eroticos incestuososcontos eroticos de gaytransei com meu padrastocontos eroticos de gordascontos de sexo analconto erótico irmãocontos eroticos meninoscasa dos contos eróticossexo contocontoseroticoporno contos eroticosconto encoxadacontos eróticos de traiçãocobtos eroticoshistórias eróticoscontos eróticos safadoscontos eroticos no carrocontos de traicaocontos eroticos com meninascontos eroticos professorcontos porno gaycontos eroticos femininoscontos pornosconto erotico sobrinhacontos eróticos femininorelatos de sexogay contos eroticoscontos eroticos netcontos eroticos com travesticontos de traiçaocontos eroticos de primoscanto eróticocontos sexo incestocontos de incestrelatos eróticoscontos sexo incestoconto erotico traicaoquero ser cornocontos eroticos de casadasultimos contos eroticos gayscontos eróticos insetoscontos eroticos lesbicacontos eroticos de mulheres casadasconto eroconto erotico 2018contos heroticos reaiscontos eroticos de meninas novinhascontos erótico gayscontos eróticos ônibuscontos eroticos gay novosconto eróticoconto erotico maeconros eroticosconto erotico travesticontos sensuaiscontos eróticos picantescontos eroticos de primascontos eroticos infanciaconto erotico incestominha mulher deu pra outrocontos eroticos primas