Fodendo as safadas depois da balada

Boa noite! Essa história ocorreu ontem à noite e foi muito legal, pois fodemos e nos divertimos muito, mostrando que ainda podemos curtir muito sem estar com outras pessoas, como tem ocorrido em outros contos!

Bom, minha esposa é muito gata, loira, magra e safada, me convidou para irmos em uma boate ontem à noite, topei na hora então ela foi arrumar-se, e tomou um bom banho, depilou a buceta e começou a experimentar várias roupas, ficou nuazinha e começou a trocar as roupas, até que decidiu por uma saia curtinha tipo couro e uma blusa que mais parecia um soutien que deixava o peito todo de fora.

Partimos, chegando no local, era mulher grátis a noite toda, tava cheio de gatas, na proporção de 5/1 de mulher pra homem , show, uma mais gata que a outra, mas mesmo assim os caras marcam a minha gata.

Começou a tocar funk lá pelas 3:00 hs e minha esposa já começou ir até o chão, e as outras tbm, uma deliciosa psgacao de calcinhas, eu via ad outras e os outros viam s minha safada pagando direto, ela ia até o chão e as vezes que dava eu metia a mão nela até na buceta, e acho que outros também fazia isso nela as vezes, pois estava escuro e cheio a boate.

Depois de muito funk e esfregação, fomos para casa e no carro ela tirou a calcinha e colocou minha mão la dentro dela…

Delícia, chegando em casa ela foi tomar banho e depois eu também fui, quando voltei para o quarto ela estava meio dormindo nua e com as pernas abertas, fui direto de boca na buceta dela, lambi todinha até ela começar a pedir pra foder ela, então meti os dedos e ela gozou a primeira vez assim, depois meti o pau direto, e puxei ela pelo peito, apertei forte e fodi aquela buceta sedenta por uns trinta minutos, comi tinha bebido bastante demorei para gozar e pude dar muito prazer a ela que gemeu muito e gozou umas quatro vezes, ela gritava e gemia hummmmm ohhhhh uhmmmm ahhhhhr e então decidi gozar, estava no total controle da situação, então coloquei lá no fundo é segurei ela firme pelas coxas e então dei um urro uhhhhhuuu ohhhhh e ela sentiu a porra jorrando e gritou e de bateu na cama de tanto prazer, então deitei sobre ela, senti aqueles peitos, dei um beijo nela e dormi assim mesmo, uns dez minutos depois ela me chamou e então fui tomar um banho…

1 comentário sobre “Fodendo as safadas depois da balada

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


incesto contoscontos de casalcontos eroticos novinha safadacontos eroticos mãecontos eroticos de corno mansocontos reais eróticoscontos eróticos swingcontos eroticos de fantasiasmeucontoeroticoconto eroticoscontos eroticos.com.brmeu marido é cornocontos eroticos incestuososcontos eroticos ônibuswww.contoseroticossexo contos eroticoscontos de sobrinhascontos eoticoscontos eróticos femininocontos eroticos enteadacontos eróticos novinhoconto gay primeira vezcontoeroticosrelatos incestocontos eroticos de putariacontos eróticos vizinhatraveco dotadoconto erotico maecontosincestoscorno manso contossexo contocontos eróticos lesbicoscontos eroticos incestuososcontos perdendo a virgindadecontos eroticos de cornosprima safadaconto etoticocontos insestoconto herotico gaycontos eróticos primameu primeiro boquetecontos eroticos maecontoeróticoscontos eroticos irmacomendo a madrastaconto erótico lésbicoquantos eróticoscontos eróticos com animaiscontos eroticos academiacontos eroticos brcontos eroticos comi minha sogracontos eróticos brcontos eroticos com travestiscontos eroticos mais lidoscontos glscomendo a sogracontos eroticos de encoxadasconto erotico incestoincesto eroticoconto erotico traiçaocpntos eroticoscontos eroticos de coroascontoeróticoscontos reais de incestocontos eroticos de gayscontos eróticos pai e filhacontos eroticos sobrinhoconto erotico menino gaycontos de safadezacontoeroticocontos eeoticoscontos eroticos de incestoscontos de cornos