Dei minha bucetinha para meu instrutor da academia

Olá, esse é meu primeiro , antes de detalhar, quero que me conheçam.
Primeiro, Myrella é um nome fictício, mas serei fiel à minha descrição. Sou negra, lábios bem carnudos, bumbum empinado, cintura fina, seios durinhos e uma bucetinha bem saliente. Todos esses atributos sempre deixaram meus parceiros doidinhos e com muita vontade de transar comigo. Sou muito fogosa, adoro sexo e adoro assistir filmes pornográficos. Leio bastante contos e não sabia que um dia iria contar uma história real, que aconteceu comigo. Estou escrevendo e estou toda meladinha, cheia de tesão só em digitar estas palavras e lembrar sobre o que aconteceu. Ah, tenho 31 anos, perdi a minha virgindade com 18 e sempre procurei satisfazer meus parceiros e eles também fizeram todas as minhas vontades. Bom, mas vamos para o que interessa.

Hoje acordei com muito tesão, faz 1 mês que terminei um namoro, estou muito carente de sexo então comecei a assistir filmes pornográficos para me masturbar. Mas hoje recebi uma mensagem de um ex ficante, um cara excelente de cama e começamos a lembrar das noites, madrugadas e dias que passamos juntos. O que deixou a minha buceta bem meladinha e acesa de tesão. Me arrumei e fui para academia ainda pensando nele. Ao chegar, dei de cara com o instrutor gostosão. Alto, musculoso, sexy e de um pau enorme e grosso. Tenho que ressaltar que ele não é apenas instrutor, mas o dono da academia. A primeira vez que o conheci, não tinha ido com a cara dele, mas

percebi os olhares pra mim. Ele me comia com os olhos toda vez que me via, vivia elogiando o meu corpo, me encontrava na rua e olhava para meus lábios grossos me desejando loucamente e eu retribuia com olhar. Nunca havíamos conversado e nesse dia a academia estava vazia, ele sentou comigo, conversamos bastante, ele passou um treino bem pesado, mas antes elogiou o meu corpo definido e falava bem baixinho para que as poucas pessoas que estavam ali não ouvissem o que ele estava me dizendo. Depois que ele me passou o treino, me perguntou se eu estava namorando. E eu disse que havia terminado, nesse momento ele me abraçou e disse que eu ficaria bem, me pediu um beijo e ao virar para beijá-lo no rosto, ele me beijou bem perto da minha boca. Já fiquei toda excitada. Nesse momento ele disse para eu ir até a sala dele assim que eu finalizasse meu treino.

Fui até a sala dele e ele trancou a porta e disse que queria me dar um abraço mais apertado, nesse momento ele me agarrou pela cintura, aquelas mãos fortes e seus braços musculosos me prenderam sobre seu corpo e ele colocou a mão na minha bunda e começou a me beijar. Eu retribui com um beijo delicioso deixando ele morder meus lábios grossos. Ele dizia que sempre quis me beijar, nesse instante ele me virou de costa e começou a baixar as minhas calças. Eu dizia baixinho para ele parar, mas nas entrelinhas dizendo continue, ele colocou as minhas mãos no pau dele e pedia para eu o tocá-lo. Apertei bem gostoso para sentir a espessura de seu pênis. Nesse momento ele colocou

suas mãos dentro da minha calça e meu mel escorreu entre seus dedos. Ele suspirava fundo e estava todo excitado só de me tocar. Dizia que eu era uma delícia, levantou minha blusa e disse pra eu deixá-lo ver a minha cintura fina e meu corpo, queria saber se o que ele via pelas roupa da academia era verdade. Ele dizia: deixa eu ver sua cintura, deixa? Deixa eu ver se é tudo verdade? Ao ver ele disse, sim é tudo verdade. Nesse momento ele sacou o pau grosso e grande pra fora e colocou na minha buceta molhada e quente. Ele estava encostado na parede com o corpo inclinado como se estivesse sentado e eu encaixei minha bunda e empinei gostoso para o pau dele entrar co facilidade em minha buceta. Ao sentir o pau grande dele, dizia baixinho que tínhamos que parar e ao mesmo tempo fui rebolando bem gostoso pra ele. Rebolei, rebolei, rebolei (estou escrevendo e parece que estou sentindo o pau dele dentro de mim agora) continuei rebolando bem gostoso pra ele. Daí ele me colocou na cadeira e eu fiz um boquete maravilhoso. Chupei toda a pica melada dele e passei a minha língua em na cabecinha. Deixei meus lábios grossos deslizarem naquele pau melado, ele gemia muito, estava com muito tesão até que gozou gostoso na minha boca. Eu engoli tudinho. Finalizamos com um beijo bem demorado. Ele abriu a porta com cuidado para que ninguém nos pegasse. Fui direto para o banheiro para me arrumar e desci para continuar meu treino. Ele ainda continuou na sala e quando nos reencontramos pelos corredores fingimos que nada havia acontecido. Ele me deu tchau e disse que eu mandava muito bem. Fui embora saciada e com muito mais tesão. Fiquei doidinha pela pica grossa dele. Quero sentir aquele pau grosso novamente dentro de mim.

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


conto wroticocontos eroticos traicaocontos eroticos padrastocontos onibuscontos eroticos carroconto erotico reaisconto erotico academiaconto herotico gaycontos eroticos de insestocontos eroticos meninoscontos de incesto gaycontos e relatos eroticoscontoseroticos incestoconto eroticontos eroticos mamaecontos eróticos no ônibuspodolatria contosincestogay contos eroticosconto eroticicontos eroticos insestoconto eróticacontos eroticos pai e filhotextos eroticoscontos cornoscontos eróticos novinhacontos eróticos safadoscontos eroticos veridicoscontos eróticos de travestiscontos eroticos de sograincesto contos eroticosconto gay 2018contos eroticos lesbicacontos eroticos sograconto erotico sobrinhacontos eróticos safadosconto erotcontos eróticos meninascontos eroticos padrastotransei com minha primacontos eroticos metrocontoseroticoscontos eroticos carroconto eroticnovos contos de incestoconto insestocontos lésbicoscontos eroticos tia e sobrinhocontos eroticos de meninas novinhascontos eroticos academiacontos eroticos encoxadacontos eroticos cornoscontos gays reaisconto erotico sobrinhacontos eróticos novinhominha sogra safadacontos eroticos comendo a tiaconto gay primeira vezconts eroticoscontos eroticos casadasrelatos eróticoscontos eróticos sobrinhacontos eroticos entre irmaosconto erotico sobrinhaconto eroticoscontos eróticos safadosconto herotico gaymeu marido cornocontos sexuaiscontos eroticos com sogracontos eroticos academiacontos eroticos de encoxadascontos de sexo selvagemconto eroticostransei com meu filhocontos eróticos lésbicocontos eroticos viadinhoconto comendo a cunhadaincestos contoscontos eroticos de gayconto erótico irmão