Comi minha colega de republica e agora ela é minha namorada

Me chamo Sr. Raposo, tenho 26 anos, sou alto (1,86m), moreno, ombros largos, braços fortes, as pessoas costumam dizer que sou “grandão” e que me pareço com aqueles indígenas norte americanos.
Sou estudante em uma universidade federal no interior de Minas Gerais e vivo em uma Republica há 3 anos. Nessa republica além de mim moram mais 5 homens 6 meninas. Uma dessas meninas é minha colega de republica desde o inicio, vou chamar ela de Foxy. A Foxy tem 22 aninhos, ela é uma menina linda: alta, magra, cabelo grande e ruivo que contrasta com sua pela branquinha e seus olhos pretos, seus peitinhos são pequenos e durinhos e tem uma bunda redondinha que me deixa de pau duro só de pensar. Em resumo ela é uma delicinha. Durante a maior parte do tempo que moramos juntos, a Foxy namorava (a distancia) e eu também, assim a gente se tratava apenas como

amigos, mas num determinado momento isso começou a mudar. Eu sempre soube que a Foxy não gostava do namorado dela de verdade e a uma certa altura meu namoro também começou a ficar ruim. Foi aí que comecei a ver a Foxy de uma forma diferente. Comecei a querer ficar mais perto dela, passei ficar olhando pro seu corpo disfarçadamente e sempre que eu podia eu abraçava ela e apertava bem forte contra o meu corpo. Era uma delicia sentir aqueles peitinho encostando em mim. Nisso eu foi sentindo que ela também se sentia atraída por mim. Num determinado momento meu namoro acabou e então eu decidi cair de cabeça na Foxy (literalmente). Eu sabia que o namoro dela também não tava bem e sempre achei que ela merecia alguém melhor e que estivesse por perto (nesse caso: eu), então comecei a investir pesado nela. Depois de um tempo veio o resultado. Numa noite fomos pra uma

festa com uns amigos e depois de umas bebidas eu e ela começamos a nos pegar loucamente. Eu enfiava a mão debaixo da blusa dela pra tentar pegar naqueles peitinhos deliciosos enquanto meu pau pulsava dentro da calça; ela ela esfregava bunda no meu pau duro enquanto a gente dançava.A gente tava com muito tesão, mas infelizmente tinha muita gente na festa e não deu pra passar disso. Quando chegamos em casa também não rolou nada porque ela foi logo dormir. Depois disso a gente se afastou um porque ela disse que precisava resolver o lance do namoro dela antes. O problema é que a gente tava morrendo de tesão um do outro. Todo dia eu batia uma punheta pensando em mim chupando aqueles peitinhos e socando forte minha pica na bucetinha dela, me imaginava pegando ela por trás

pra sentir bem aquela bunda esfregando em mim igual o dia da festa. Até que numa certa noite aconteceu, ela não aguentou mais esperar e deu pra mim.
Numa noite fria depois de muita conversava pelo celular ela me convidou pra ir dormir junto com ela “por causa do frio”. Eu não pensei duas vezes e fui pro quarto dela. Entrei no quarto, deitei na cama e fui logo beijando ela, ela fez um pouco de cú doce e se virou de costas pra mim dizendo que era pra gente dormir. Nisso eu encostei nela e comecei a passar a mão pelo corpo dela enquanto eu beijava sua nuca, ela deixou é claro.Então comecei a pensar em como ela era miúdinha perto de mim e como eu ia poder brincar com aquele corpinho como se fosse uma boneca. Ela tava com uma blusa fina de malha e dava pra sentir seus o mamilo durinho de tesão enquanto eu acariciava seu peitos por cima da blusa. Então enfie minha mão por dentro da blusa dela e fui passando minha mão pelo seu corpo subindo em direção ao seus peitinhos enquanto ela tremia de tesão. Quando cheguei naqueles peitinho, eles eram perfeitos e durinhos e cabiam dentro da minha mão enquanto eu apertava eles forte. Depois de mamar um poucoo nos peitinho dela, eu abaixei a calça dela e caí de boca na naquela bucetinha maravilhosa que tanto tinha imaginado.

Quando eu encostei minha boca nela, ela tava melada de tesão e fui uma delicia chupar aquela buceta encharcada, engolindo cada gota enquanto a Foxy se contorcia de prazer até gozar na minha boca. Depois de gozar ela disse que queria minha pica dentro dela, então enfie meu pau nela e comecei a socar com força naquela bucetinha deliciosa. Ela gemia de prazer e eu delirava de tesão. Então ela subiu em cima de mim e começou a sentar forte na minha pica, enquanto eu apertava seus leitinho. Ela controlava a velocidade pra não me fazer gozar. Então ela começou a socar forte a buceta na pica, ela tava muito molhada e de repente começou a gozar. Nisso ela pediu pra eu encher ela de porra, então eu não resisti e comecei a gozar também e bem intenso. Eu enchi aquela bucetinha de porra e dava pra sentir a porra escorrendo no meu pau enquanto ela subia e descia com a buceta. Depois que gozamos, ela ficou um tempo deitada no meu peito com o pau ainda dentro dela. Foi uma transa maravilhosa, comi ela do jeito que ela

precisava, merecia e há muito tempo não tinha. Depois disso ainda continuamos transando até o dia que dela poder ir resolver a burocracia de terminar o namoro. Isso tudo aconteceu há uns 5 meses atrás e desde então transamos praticamente todos os dias e o tempo todo. Hoje a Foxy é minha!!! É minha namorada e minha putinha. E eu não preciso de mais nada, tenho uma amor que gosta de me obedecer na cama e ser dominada, que adora que eu puxe o cabelo dela e dê uns tapas enquanto chamo de cachorra e também bebe todo meu leitinho. O que mais eu posso querer? Eu amo essa menina!

1 comentário sobre “Comi minha colega de republica e agora ela é minha namorada

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


cuzinho contosconto erótico lesbicocontos eróticos sobrinhacontos de sexo analcontos eroticos incesto mae e filhocontos eroticosvontos eroticoscontos reais eróticoscontos eróticos novinhocontos eroticos reaiscontos eroticos com sobrinhacontos eróticos de novinhascontos incesto mae e filhocontos de insestosconto sexo gaycontos eroticos ineditoscontos eroticos de coroascontoa eroticoscontos de swingcontos eroticos de gordasconto erotico menino gaycontos sexualcontos eróticos com animaiscontos eróticos com novinhasconto wroticocontos eroticos praiarelatos de cornossex contosconto erotico gravidacontos eróticos 2018contos eroticos analcontos eeoticoscontos eróticos proibidoscontos onibusccontos eroticosconto erotico lesbicasccontos eroticosputinha do papaicontos eroticos medicocontos eroticos de sogracontos eróticos analcontos eroticos no metrocomi minha primacontos eroticoaincesto contos eroticostransei com minha primacontos eroticos no ônibuscontos eroticos escritoscontoseroticocontos e relatos eróticoscontos eroticos novinhascontos erotixoscontos eróticos a forçacontos eroticos gay primeira vezcontos eriticoscontos comendo a sograimcestoconto eriticocontos gay eroticocontos erótico gaysconto eroticanto eroticosexo contoscontos eroticos ilustradosconto pornôcontos eroticos cornosexo contos eroticoscontos erotico incestocontos eroticos analcontos eriticoscontos eroticos sogrocontos eroticos traindo o maridoconto erotico lesbicoconto erótico lésbicasrelatos eroticosconto erótico dormindocontos eróticos ônibuscontos eroticos casadameu marido cornocontos eroticos de meninas novinhascontos sexyler contos eróticoscontos eroticos encestoscontos eroticos casaisconto erotico troca trocacontos gay últimoscontos cuzinhocorno manso contocontos eróticos lesbicocontos amadoresconto erotico onibuscontos eroticos infanciarelatos de incestoscontos eróticos lesbicos