Virei a putinha do meu tio

Sou a Letícia, tenho 19 anos e virei a putinha do meu tio. Sou branquinha, magrinha, cabelos longos e negros, seios durinhos e uma bunda empinadinha muito gostosa. Meu tio, um homem alto, um pouco musculoso, de pele negra e muito gostoso, tem um pouco mais que eu, 26 anos. Quando ele ia na minha casa, ele sempre dava um jeito de me espionar pela janela do banheiro que fica pra trás da minha casa, eu sempre via ele, mas fingia que não estava vendo nada e fazia questão de deixar a janela arreganhada e meter os meus dedos na minha bucetinha para que deixasse ele louco de tesão, e depois que eu saia do banheiro ele me olhava com uma cara de quem estava me desejando, e eu amava aquele olhar dele.


Quando entrei de férias, fui passar na casa dos meus avós, e ele morava lá tbm. Eu gostava muito de ficar lá, eu dormia no quarto dele, e como ele chegava de madrugada do trabalho eu invés de dormir no colchão que meu vô tinha colocado para mim no chão, eu deitava na cama dele só de calcinha e sutiã. Quando ele chegava eu sempre estava acordada, mas ficava somente com os olhos fechados para que ele aproveitasse e me olhasse, ele sempre ficava me admirando, mas nunca dormia na cama dele, e sim dormia no colchão que era pra mim, e quando eu acordava ele já tinha saído para fazer algo na rua.
Em uma quinta de madrugada, eu deitei na cama dele completamente nua, estava peladinha, e muito molhada, eu queria muito sentir aquele pau gostoso e negro no meio das minhas pernas fudendo a minha bucetinha com muita força, só de pensar nele minha buceta já explodia de muito tesão. Eu acabei dormindo, ele chegou bem mais tarde que os outros dias, mas dessa vez ele tinha se deitado cmg, e eu como tenho sono leve acabei acordando, mas fingi que estava dormindo. Eu estava de costas pra ele e esfregava minha bunda nele lentamente. Ele percebeu, me puxou pelo cabelo e falou:

– Você tá louca pra sentir meu pau socando nessa buceta rosinha sua né sua putinha…
Eu fiquei com tanto tesão na hora que ele me falou isso que eu comecei a me contorcer toda na cama de tesão.
Ele jogou o cobertor nosso no chão, começou a tirar a sua roupa, e quando percebi vi o pau dele negro, grande e grosso latejando de tesão por mim. No momento não pensei, já cai de boca no pão dele, enfia ele todo na minha boca, passava minha língua naquele pau gostoso e molhado, chupava o saco dele como se fosse a fruta mais gostosa do mundo e depois disso ele me jogou com muita força na cama, abriu minhas pernas, entrou no meio delas e começou a me beijar, que beijo gostoso e molhado que ele tinha, aquela língua maravilhosa, não via a hora de sentir ele chupando a minha bucetinha pra mim gozar na boca dele toda. Ele desceu para meu pescoço, ele tinha uma mão muito forte, ele me pegava com muita força, e isso me deixava mais molhadinha ainda. Depois de chupar meu pescoço todo, ele desceu para meus peitos, passou aquela língua toda no meu biquinho, foi descendo pra minha barriga, desceu pra virilha e quando eu menos imaginava eu já estava sendo chupada loucamente, eu colocava minha mão na boca para não gemer alto, eu arranhava ele, segurava no cabelo dele, ele me deixou completamente louca, eu não estava aguentando, os dedos grossos dele começaram a entrar dentro da minha bucetinha, eu não aguentei. Eu perguntei pra ele se eu podia sentar e esfregar a minha bucetinha na cara dele, ele nem respondeu se jogou pra baixo e me colocou de perna aberta sentada na cara dele, eu comecei a me esfregar tanto que comecei a esguichar de tanto tesão, eu molhei ele inteiro e falei:

– Mete esse pau na minha bucetinha de quatro.
Ele me colocou de quatro e esfregou a cabeça do pau dele na entradinha da minha buceta, ele sabia como eu gostava, ele sabia que eu gostava de sentir muita força… Quando eu menos esperei, ele socou o pau dele todo na minha buceta, eu dei um grito que achei que tinha acordado meus avós, eu estava com muito tesão, pedia pra ele pegar no meu cabelo, bater na minha bunda e socar com muita força na minha buceta até ele sentir meu útero.
– Eu vou encher sua buceta de leitinho, eu quero ver ela escorrendo com a minha porra.
– ISSO GOZA NELA, DÁ LEITINHO PRA SUA PUTINHA VAI…

Quando eu falei isso eu senti ele soltando todo o leitinho quente dele dentro da minha buceta, ele tirou o pau dele e vimos a porra toda escorrendo da minha buceta. Depois disso, tomamos um banho e dormimos juntinhos como dois apaixonados. E desde então, eu sou a putinha do meu tio e nós dois transamos igual dois cachorrinhos no cio sempre que dá.

3 comentários sobre “Virei a putinha do meu tio

  1. Tenho vontade de conhecer mae e filha ou ter uma casada na frente do marido ou ser amigo de uma familia safada rsrs
    Estou aqui pensando sera que ter mae que da para o filho mesmo?
    Me chama no zap vamos bater um papo meu zap e 11947841246

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


contos eroticos lesbicocontos eróticos lésbicasconto eroticosrelatos eroticoscontos eroticos de sogracontos eroticos safadoscontos eroticos mae e filhacontos eroticos netcontos eroyicoscontos eroticos coroasrelatos de incestoscontos eroticos traicaocontos de sexosconto pornoconto erotico 2018conto erotico filhacontos eroticos chantagemconto erotico 2018contos eroticos irmacontos eroticos de adolecentescoto eroticoconto erótico lesbicorelatos de incestosrelatos e contos eroticosconto gay primeira vezcontos de sexconto eroticosconto heroticoscontos eroticos lesbicascontos eroticos onibuscontos eroticos maecontoserotcontos eroticos ineditosrelatos de cornoscontos eroticos festacontos eroticos lesbicoswww.contoseroticoswww.contoerotico.comtraveco dotadocontoa eroticosputinha do papaigozando no onibusconto erotico insestocontos eroticos tiaconto erotivocontos eroticos gay novinhocontos eorticosconto erotico academiacontos eroticos corno mansocontos eróticos a forçacontos eroticos novinha safadacontos eróticos coroascontos porno de incestocontos eroticos de casaisconto erotico gay ultimoscontos eroticos punhetacontos crossdresserchupando bucetaconto de corno mansocontos eroticos gay primocontos de safadezacontos eróticos ônibuscontos eroticos no onibuscontos eróticos brcontos de cornoscontos eroticos incesto pai e filhacontos eroticos brconto eroticoconto erotico cunhadacontos eroticos analnovinhos na punhetacontos eroticos de gaycontos gays cnn