Dei pro meu vizinho

Oi meu nome é Daniel, sou bi, tenho 19 anos, porém vou contar quando perdi meu cabaço com 13 anos pro meu vizinho, ele tinha 17 anos e bem gostoso e dotado.
Nossas mães trabalhavam o dia inteiro e a gente ficava junto, jogavam vídeo game e sempre batismos uma juntos, porém nada dms, meu pau era bem menor do que o dele, eu sempre ficava reparando e ficava com mais tesão olhando ele batendo uma com aquele pau grande do que o porno que a gente assistia, até que um dia a gente tava lá na casa dele e ele falou que queria fazer algo diferente, foi no quarto da mãe dele e voltou com uma calcinha fio dental vermelha da mae dele e pediu pra eu colocar, fiquei meio assim, mas coloquei, me olhei no espelho e minha

bunda até parecia maior, ele começou a olhar pra minha bunda e ficou excitado e falou “nossa ficou com uma bunda bem gostosa hein” dei uma risada meio envergonhado, aí ele veio por trás e ficou me encochando só de cueca, isso me deu um tesão, sentir o pau dele na minha bunda, não me controlei e peguei no pau dele por cima da cueca e comecei a acariciar, ele deitou na cama e tirou o pau duro dele e falou pra eu chupar, comecei a chupar ele com dificuldade, pois além de ser grande nunca tinha feito um boquete, ele começou a forçar a minha cabeça contra o pau dele, eu tava deixando aquele pau todo babado, ele começou a me xingar de putinha, viadinho, levantou minha

cabeça e me deu um tapa na cara, isso só me dava mais tesão, sentei no colo dele e comecei a beijar ele, ele me jogou de lado, pegou o lubrificante, passou bastante no meu cuzinho e no pau dele e começou a forçar, eu nao tava aguentando, mas ele não ligava quando eu pedia pra parar, até que senti que entrou metade, ele meteu tudo, esperou um pouco e começou a meter bem gostoso, eu gemia igual uma puta, pedia mais, ele me colocou de quatro e meteu muito forte, ele me xingava e me batia muito, até que ele falou que ia gozar, eu implorei pra ele gozar na minha boca, ele tirou o pau do meu cuzinho, praticamente me jogou no chão e começou a punhetar, logo ele gozou muito, na

minha boca e na minha cara, deu um tapa na minha cara e falou que ia gozar no meu cuzinho, me levantou, deitou na cama e pediu pra eu sentar no pau dele, sentei muito até eu gozar na barriga dele, dps de quase 1 hora transando ele gozou dentro, dps conto outras fodas que a gente deu

Deixe um comentário



contos eroticos de novinhascontos eroticos incesto mae e filhocontos boqueteconto sexocontos de sexocotos eroticoscontos cunhadinhaconts eroticosconto erótico de incestominha sogra safadaconto gay eroticoconto erotico troca trocacontos sexo gayconto erotico cunhadacontos eroticos primeira vezgozando no onibusviuva gostosaconto erotico insestocontos amadoresmeu conto eroticocomendo a sogra contosconto eroticoscontos eroticos onibusconto erotico esposahistorias de incestocontos eroricosnovos contos eroticos de incestocontos eroticos de novinhascontos eroticos fantasiacontos eroticos incertoscontos de incesto mae e filhocontos lésbicosconto erotico onibuscontos eroticos gay primocasos eroticoscontos eroticos sobrinhoconto tiaconto gay primeira vezcomtos eróticocontos eroticos onibus lotadocontos eroticos insestosconto erotico na praiaconto erotico novinhascontos eroticodconto erotico meninocontos eroticos corno mansocontos eroticos surubacontos eroticos comendo a tiacoto eroticocontos eroticos proibidosconto gay tiocontos eróticoscontos eroticcontos gay sexoconto erótico novinhacontos eroticos professoraconto erotcocontos de corno mansocontos eroticos incesto pai e filhacontos eroticos filhocontos eroticos coroascontos eroticos comendo a sograconto erotico tiacontos eroticoscontos eróticos onlineconto erotico policialconto eroticoscontos etoticoscontos eroticos travestiscontos erpticos