Engravidando a crente casada

Não irei me identificar para evitar problemas, tenho 40 anos, mas sou moreno, magro, 1,78 e dotado de uma pica grossa e grande. Já tive casos de mulheres não me quererem por causa do tamanho, mas isso é outra história.
Sou casado a 20 anos e trabalho em uma das grandes empresas de telefonia do Brasil como vendedor de rua, foi nessa função que tudo começou…
Trabalhando em Osasco SP conheci, em um dos prédios que atendia, uma mulher morena, baixinha, dona de um par de peitos que me deixaram de boca aberta, uma bunda pequena, porém redonda e bem feita. Tinha cara de boa moça, mulher recatada e carinhosa.


Pois bem, conversamos sobre os produtos da empresa e fiz questão de ser bem Cortez, passei todas as informações e logo após pedi seu telefone, pois disse que falaria com seu marido para definir em conjunto. Disse que seu nome era “Rama” e pediu que ligasse mais tarde para confirmar.
Amigos, o pau latejava, faltava rasgar as calças de tanto tesão. Pois ela deu as costas mandei uma mensagem para manter o assunto e fui me aprofundando. Descobri que era casada a 19 anos e que seu marido já a havia traído e que isso esfriou seu relacionamento. Eu sutilmente fui me aproximando e entrando mais na intimidade a ponto de receber fotos íntimas, não nuds, pois ela tinha medo do que eu pudesse fazer, mas fotos de biquíne, com baby doll, por aí vai…
No dia seguinte eu disse que iria a sua casa e comeria ela lá mesmo, que iria engravida-la e deixar pro corno cuidar, fui ousado ao extremo e ordenei que ela estivesse de vestido solto e sem nada por baixo. Ela repudiou, disse que não faria e que não aparecesse pois não iria fazer nada comigo, porém, no dia e horário marcados eu estava lá e ela estava exatamente como mandei.

Ao me ver na porta me chamorro de louco e me puxou para dentro, a casa estava um caos, pois acabaram de mudar, estavam reformando o apartamento recém entregue, mas não liguei, fechei a porta, tomei as chaves dela, a arrastei para o sofá e sem sequer conversar botei o pau pra fora e a mandei chupar. Ela reclamou mas agarrei seus cabelos e enfiei o pau em sua boca sem dó. Ela teve anciã e ficou com medo por causa do tamanho, mas não dei tempo de se arrepender, levantei o vestido, a joguei de pernas abertas e meti a língua.

Ela gritava e esperneava, gozou feito louca me pedindo para parar pois era muito gostoso e nunca havia sentido aquilo. Após duas gozadas a levei para o quarto, arranquei nossas roupas e com jeitinho meti o pau todo nela. Ela pedia para ir de vagar e não sujar nada pq nunca havia trepado com o marido naquela cama e nem naquela casa, tinha medo de ele desconfiar. Então dei um tapa na cara e disse que quem faz devagar não faz direito, então soquei forte, firme e rápido nela fazendo gozar 13 vezes na minha pica.
Por fim, tirei o celular da calça, botei ela pra chupar e comecei a gravar, mandei dizer que era casada e que quem mandava nela a partir daquele momento era eu. Ela fez, a pesar de ter dito que nunca fez isso, aí gozei gostoso no fundo da garganta dela, fazendo com que engolisse tudo, sem dó.
Depois de terminado nós sentamos e ela confessou que já havia tido dois amantes (que puta) mas que nunca havia gozado mais de duas vezes, que eles tinham nojo de oral. Disse tbm que sempre sonhou em ser escravizada e que realizei um sonho dela.

Daquele dia em diante fodo ela toda semana, sem camisinha e sempre gozo dentro, na boca e filmo.
Hoje ela está grávida de 8 meses e ninguém sonha que este filho não é do marido dela.
O só ho dela era ser mãe, por isso disse que assim que tiver o BB vou gozar dentro dela movente, assim terá dois no mesmo ano.

Você é crente, gosta de rola ou gosta de ser escravizada, então me chame.
[email protected]

1 comentário sobre “Engravidando a crente casada

Deixe um comentário

CAPTCHA



Online porn video at mobile phone


contos eroticoa gaycontos eróticos de travestiscontos de traicaoconto erotico swingcontoa eroticoscontos eroticos de gaysites de contos eroticoscontos euroticosconto sexocontos eróticos esposaconto erotico swingcontos eroticos curtosconto erotico gaycontos de sexo reaiscontos eroticos casaiscontos fetichecontos eróticos.contos cornoscontos eroticos lesbicoscontos eróticos sobrinhaconto erotico coroaincesto eroticocontos eroticos traiçãoconto erotico femininocontos analcontos heroticos reaiscontos eroticos atuaishistorias de incestotransei com meu cunhadocontos de corno mansoconto de putariaconto erotico praiacontos eroticos festacontoseroticos gayscontos eróticos no ônibustransei com minha cunhadaconto erotico esposaviuva gostosaconto erotico gay primeira vezenteada gostosacontos eróticos no ônibuscontos eroticos meninaincestosexo contocontos adultoscomi meu primocontos eróticos de incestoscontos eroticos meninoscontos eróticos onibusconto eroticocontos gostososcontos eroticos trabalhocontos eroticos analcontos eroticos com travestisincestos contoscontos eroticos infanciacontos eróticos traiçãocontos eróticos irmãcontos.erorelatos eroticoscontos eroticos minha tiacontos eróticos curtosmeu professor me comeuprimeira vez com travesticontos erótico gayconto erotico cunhadacontos eroticos gay primocontos incestocontos eroticos gay novinhocontos eroticos travesti